Quem quer ser um milionário?

Há alguns anos o filme “Quem quer ser um milionário” fez sucesso em todo mundo.

“Jamal Malik é um rapaz de 18 anos que teve uma infância muito difícil, lidando com a violência e a miséria na Índia. Ele é chamado para participar da versão indiana do famoso programa de TV e sua experiência de vida o ajuda a responder as perguntas do show. Porém a polícia desconfia da honestidade de Jamal, que deve provar sua inocência”

Esse programa tem muitas adaptações. No Brasil, Luciano Huck tem apresentado um quadro parecido, que utiliza como cenário uma versão tecnológica da Tábua de Galton.

A palavra “milionário” mexe com o imaginário das pessoas. A primeira vez que a ouvi foi na infância por causa da dupla sertaneja “Milionário e José Rico”. Ficar rico da noite para o dia é o sonho de milhões de brasileiros que toda semana se dirigem às Casas Lotéricas para jogar na Mega Sena, na Loteria Federal ou na Loteria Esportiva. E a televisão explora esse sonho com programas como Big Brother, Show do Milhão entre outros.

Muitas pessoas pensam que ganhar um prêmio de R$ 1 milhão de reais as tornarão milionárias. Não é bem assim. Um apartamento bem localizado em uma grande cidade custa muito mais que esse valor. Muitos assalariados adquiriram terrenos ou casas que se valorizaram ao longo dos anos, mas isso não necessariamente os tornam automaticamente milionárias.

Para muitos economistas é necessário no mínimo ter um patrimônio de U$ 1 milhão de dólares. Os especialistas também dizem que um milionário não depende de um salário mensal para manter um padrão de vida confortável. Sua fonte de renda é geralmente proveniente de seus ativos.

Mas não é preciso ficar esperando a sorte bater à porta. Para muitos empreendedores tornar se milionário é uma questão trabalho, inovação, talento e um pouco de sorte. Todos os anos mais de 5 mil brasileiros tornam-se milionários sem depender da sorte.

Há alguns anos, uma reportagem chamada: “O milionário mora ao lado” mostrou que o crescimento econômico brasileiro também estava propiciando o surgimento de milhares de milionários que apostaram em negócios próprios. O título da reportagem fazia referência a um livro escrito por Thomas Stanley e William Danko, que mostrou que apenas uma minoria de milionários vive uma vida de ostentação. Um típico milionário norte-americano, na verdade, leva uma vida normal, e pode passar despercebido aos olhos da maioria. Ele pode, inclusive, ser o vizinho do lado.

A reportagem foi feliz em mostrar que não é necessário se ganhar na Mega Sena, ser um astro do futebol ou ganhar o Big Brother para ser um milionário. Milhares de brasileiros comuns têm conseguido ascender financeiramente, o que não significa que precisem ostentar essa condição, principalmente no Brasil onde são assassinadas mais de 60 mil pessoas por ano.

Muitos se perguntam o que significa ser rico no Brasil. Essa definição é importante do ponto de vista estatístico.

De acordo com o Critério de Classificação Econômica Brasil, criado pela Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa (Abep), apenas 5% das famílias brasileiras pertencem à Classe A (renda familiar mensal de R$ 12.926,00). Parece pouco, mas a maior parte da população sobrevive com uma renda mensal menor que R$ 1.200,00. Na classe A há famílias que ganham R$ 10 mil reais por mês e outras com rendimento de até R$ 1 milhão de reais. Como se pode perceber o desvio padrão é muito grande. Em alguns casos os próprios entrevistados não são capazes de avaliar precisamente sua renda ou identificar sua classe social. Um dos motivos é que há diversas outras formas de se avaliar os estratos sociais. E há alguns anos o Governo Federal alterou os critérios oficiais. Com isso, milhões de pessoas antes pertencentes à classe D passaram a ser classe média em uma canetada, feito que foi explorado nas campanhas eleitorais. E é interessante observar que ser rico ou classe média no Brasil é muito diferente de ser rico ou classe média nos Estados Unidos e na Alemanha, por exemplo. Nos Estados Unidos, é considerada classe média quem ganha entre US$ 50 mil e US$ 500 mil por ano. Na Alemanha, para pertencer ao grupo dos mais ricos, os solteiros têm que ter um rendimento líquido de 4.400,00 euros e os casais sem filhos, 6.590,00 euros.

A estratificação da população por critério de renda é muito comum nas pesquisas eleitorais ou de perfil de consumo, por exemplo. Pela metodologia da inferência estatística a amostra deve representar o desejo da população. Se, por exemplo, 2500 brasileiros forem selecionados aleatoriamente em todas as regiões do país, na amostra deve haver 125 pessoas da classe A (5%), 600 da classe B (24%), 1075 da classe C (43%), 625 da classe D (25%) e 75 da classe E (3%). A opinião dos 2500 brasileiros, se escolhidos utilizando-se de métodos estatísticos apropriados, deverá representar a opinião de 205 milhões de pessoas com nível de confiança de 95%.

Para finalizar, penso que mais interessante do que a pergunta “quem quer ser um milionário” é “para quê ser um milionário?” Você já pensou nisso? Muitas vezes a felicidade não está associada à renda. Há uma pesquisa interessante realizada com 4 mil milionários de Harvard que mostrou que eles se considerariam mais felizes se aumentassem o patrimônio em 100%. E há outras pesquisas com pessoas comuns que mostram que a partir de certo rendimento mensal não há alteração da sensação de felicidade. Por isso é tão importante uma família ter saúde financeira, não gastando mais do ganha.

Para finalizar, deixo para vocês o pensamento do mestre espiritual Dalai Lama, que me inspira bastante.

Para saber mais:

Relatório do IBGE (2017)

https://youtu.be/8mLJTMhFvjY

Quanto é preciso ganhar para ser considerado rico?

http://www.ccila-portugal.com/aktuelles/archiv/news/artikel/classe-media-mantem-se-estavel-na-alemanha/?cHash=7842085a8dd1428c23e87dc21c9985f5

http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2018-04/ibge-1-mais-rico-recebeu-em-2017-36-vezes-mais-do-que-metade-da-populacao

https://www.revistaplaneta.com.br/quem-quer-ser-um-milionario/

https://g1.globo.com/economia/noticia/brasil-ganhou-7-mil-novos-milionarios-em-2017-diz-estudo.ghtml

https://extra.globo.com/noticias/economia/voce-sabe-que-classe-economica-sua-familia-pertence-faca-teste-descubra-11001268.html

https://www.terra.com.br/economia/infograficos/teste-classe-economica/

Atenciosamente,

Prof. Jesué Graciliano da Silva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s